6 sinais de que seu bebê começará a andar

Desde registrar aquele primeiro sorriso e o primeiro rolar na cama até compartilhar com orgulho a habilidade do seu bebê em sentar e engatinhar , você fica ansiosa, esperando o próximo movimento do seu filho.

E um dos marcos que mais mudarão o jogo pode estar se aproximando em breve – dar os primeiros passos adoráveis ​​e desiquilibrados.

Andar é uma conquista infantil muito esperada. É um sinal claro de que seu filho está entrando na zona de crianças pequenas (e será necessário alguma proteção para bebês em seu futuro próximo).

Caminhar cedo ou tarde: qual a diferença?

Mas você também pode estar se perguntando se andar cedo ou “tarde” está relacionado à inteligência e até mesmo ao desempenho físico no futuro.

Embora um estudo transnacional de 2015 tenha tenha correlacionado o aprendizado de andar com o avanço das habilidades linguísticas na infância, fique tranquila: a pesquisa sugere que não há associação comprovada entre andar cedo e se tornar o próximo Isaac Newton ou a Serena Williams.

Na verdade, de acordo com este estudo suíço em 2013 , crianças que começaram a andar cedo não tiveram melhor desempenho em testes de inteligência e habilidades motoras entre as idades de 7 e 18 anos em comparação com bebês que não andaram cedo. O que este estudo concluiu, no entanto, é:

Há uma variação enorme de quando os bebês decidem começar a se agarrar para ficar em pé – geralmente entre 8 meses e meio e 20 meses.

Fontes confiáveis, como o CDC dos EUA, reconhecem que esses marcos físicos relacionados à caminhada são normalmente alcançados por volta de 1 ano de idade:

  • puxando para se levantar
  • andando enquanto se segura nos móveis
  • pode estar dando alguns passos independentes
  • em pé segurando e em pé sozinho

Sabemos que você deseja capturar esses primeiros passos em seu coração (e em vídeo) para sempre, então vamos dar uma olhada mais a fundo nesses e outros sinais de que é iminente os primeiros passos.

1. Puxando para ficar de pé

Puxar os móveis para ficar de pé é um dos primeiros sinais de prontidão para caminhar.

Isso aumenta a coordenação e os músculos das pernas dos bebês – pense em quantos agachamentos eles estão fazendo! Com o tempo, os mini exercícios condicionam seu bebê a ficar de pé independentemente e, em seguida, avance com alguns passos desiquilibrados.

Você pode encorajar isso modelando seus movimentos enquanto diz “para cima!” conforme eles sobem e “descem!” enquanto eles se agacham novamente.

2. Tornando-se um aventureiro ousado

Se, com o canto do olho, você pegar seu pequeno subitamente em pé em cima do sofá e sorrindo enquanto está prestes a cair, pode ser um sinal de que sua confiança interior está brilhando.

Embora isso o coloque em alerta de acidentes – e no dever de vigia – é um grande sinal de desenvolvimento de que seu bebê está confiante em tentar coisas novas (por mais perigosas que sejam). Para andar de forma independente, os bebês devem ter autoconfiança em sua capacidade de fazê-lo.

Então, se você estiver feito louca atrás do bebê, tente encontrar seu estado zen e deixe seu pequeno explorador impulsionar suas habilidades físicas – em um ambiente seguro.

3. Seguindo um caminho

Eles podem usar a mesa de centro para se mover ou inclinar-se de um objeto para outro para segurar enquanto ficam em pé.

Isso mostra que seu pequeno está aprendendo a mudar o peso e o equilíbrio enquanto dá passos. Também se prepara para a capacidade de impulsão para a frente, que é necessária para andar.

Para promover a capacidade de andar, crie um caminho de objetos seguros para o seu bebê agarrar e mover-se.

Mas tome cuidado com móveis, plantas e outros itens que não estão presos com segurança às paredes ou ao solo. Eles podem tombar, causando uma queda ou lesão acidental.

4. Choro, mudanças de humor e mudar os padrões de sono

Quem poderia imaginar que a agitação e a soneca extralonga poderiam ser uma dica de que seu bebê logo passará por você na ponta dos pés?

Bem, caminhar é um marco de desenvolvimento tão grande que geralmente é acompanhado por outros saltos de desenvolvimento. O cérebro e o corpo do seu bebê podem estar trabalhando em dobro, deixando um filho um pouco menos tolerante.

Esses momentos da maternidade são difíceis, então respire fundo e encontre consolo sabendo que (geralmente) as coisas voltam ao normal depois que um marco de desenvolvimento é alcançado.

5. Caminhando com ajuda 

Oferecer brinquedos de empurrar seguros e adequados à idade (não andadores infantis) pode inspirar seu filho a andar enquanto ganha velocidade.

Carrinhos de compras para bebês ou brinquedos musicais para caminhar com rodas e alças podem trazer alegria e assistência aos caminhantes iniciantes. Você também pode segurar a mão do seu bebê ou dar-lhe um cobertor para segurar enquanto segura a outra ponta e anda.

6. Ficando em pé sozinhos

A expressão no rosto de um bebê quando fica em pé sozinho pela primeira vez costuma ser de realização (e talvez um grama de medo também).

Nesse momento, os bebês têm equilíbrio e estabilidade para se sustentarem sozinhos. Frequentemente, eles se testam por alguns segundos e, em seguida, param gradualmente por períodos mais longos, aumentando a confiança para dar um passo adiante.

Faça com que seja uma atividade divertida de aprendizado, contando lentamente enquanto seu filho estiver em pé.

Compartilhe nossos conteúdos !

Shares

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.